QUE A CADA DIA, POSSAMOS CORRER AO ENCONTRO DE JESUS , DESCANSAR SOB SUAS ASAS E ADORÁ-LO.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Pai... quanto custa?


Um dia, Pedro foi se queixar com a mãe:
- Por que meu pai não brinca comigo?
- Seu pai é um homem muito ocupado, o tempo dele é muito precioso – respondeu ela. A criança foi para o quarto, muito pensativa. Pegou o cofrinho e foi contar quanto havia economizado de sua mesada. Adormeceu, chorando de saudade do pai.
Mais tarde, ele acordou com a chegada do Sr. Rafael e correu para encontrá-lo:
- Papai, é verdade que o seu tempo é muito precioso?
- É verdade – disse, desviando o olhar do filho.
- Quanto custa uma hora do seu tempo? – O Sr. Rafael disse que não sabia. O pequeno Pedro insistiu para obter uma resposta até que o pai perdeu a paciência e brigou com ele. Com medo, voltou para o quarto.
Depois que esfriou a cabeça, o Sr. Rafael refletiu sobre a maneira como havia tratado o pequeno e foi até o quarto do filho. Como viu que o garoto ainda estava acordado, o pai tenta um diálogo:
- Você ainda quer saber quanto eu ganho por hora?
O menino balançou a cabeça afirmando que sim.
O pai estufou o peito e suspirou fundo. Parecia que a atmosfera do quarto trazia-lhe o ar da satisfação, de enfim dizer ao seu filho o valor do pai que ele tinha.
- Eu ganho 300 reais por hora.
O menino levou um susto, mas animou-se o suficiente para pedir:
- O senhor pode me emprestar 100 reais?
Para continuar impressionando o filho, o pai entregou-lhe o dinheiro. Curioso, perguntou:
- Posso saber pra quê?
O garoto puxou um bolo de notinhas enroladas, de debaixo do travesseiro.
- Eu já consegui juntar 200 reais, mais estes 100 que o senhor me emprestou, dá 300. Agora o senhor pode me vender uma hora do seu tempo, pra brincar comigo?

♥Ao longo deste curso, descobrimos coisas indispensáveis para que a estrutura de um lar feliz seja formada. Mas o que seria de uma casa com todas as suas colunas e vigas fortemente amarradas, sem um alicerce que as apoiasse? Seria o mesmo que construir sobre a areia movediça. Cristo falou de “um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída” (Mateus 7:26-27 – NTLH). Será que muitos lares hoje também não estão fora dos princípios básicos da engenharia familiar?
Estamos vivendo em uma época egoísta e materialista,até que ponto vale a pena nos anularmos para conquistarmos bens materiais?Até que ponto vale a pena,nós mulheres ficarmos em função de casa?O tempo passa e a gente nem se da conta que estamos perdendo o melhor dessa vida.E se JESUS voltar hj,vc vai?...qto tempo vc tira para ficar com seus filhos(familiares)?E para falar com Deus?
O seu lar não pode se transformar em ruínas. Mas “se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam” (Salmo 127:1 – RA). Deus deve ser a base do lar porque Ele é o Criador da família (Gênesis 2:18-24). Ele sabe o que você e os seus queridos precisam fazer para que o lar sobreviva num mundo de desgraças. Jesus quer ser o fundamento da vida familiar (1Coríntios 10:4; Atos 4:11).
Você acha que um lar feliz é uma utopia? Então pense: “O que é mais importante para você?” Gastamos mais tempo preocupados em adquirir coisas ou em preservar o relacionamento com as pessoas? Numa sociedade capitalista, somos pré-dispostos a inverter a nossa própria escala de valores.
LEMBRE-SE:DEUS EM 1º LUGAR...
Agora, como é que nos relacionamos com um ser? Como acontece um bom relacionamento entre namorados? Você fala, se dá a conhecer, se expressa, ouve, conhece a outra pessoa, enfim, vocês gastam um bom tempo juntos, enfocados na pessoa e nos seus valores. É assim que Jesus quer estar no lar: como um dos integrantes da família.
A Biblia é o único livro do mundo que transforma o caráter do ser humano, a partir de sua leitura (2Timóteo 3:14-17). Quanto mais íntimo você fica de Deus, mais você tem condições de ser um bom cônjuge, pai, mãe, filho, filha ou irmão.
Orem juntos,alimentem-se juntos,conversem,brinquem,passeiem...
Ame o SENHOR, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças. Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões (Deuteronômio 6:8-9).
Este texto diz que Deus deve fazer parte de todos os interesses da família. Isto é andar com Deus (Gênesis 5:22).
No entretenimento – Ensine ao seu filho o hábito de sempre assistir a desenhos animados bíblicos, filmes e canais cristãos. Livros bíblicos próprios para a idade, CDs, rádios e sites cristãos, brinquedos temáticos bíblicos; tudo isso contribui para um crescimento espiritual saudável. Assim, os heróis do mundo de fantasias do seu filho serão os personagens bíblicos. Isto terá uma influência direta em sua vida adulta (Provérbios 22:6).
Pense bem: quando o Senhor deu o sábado como um dia santo para a humanidade, ainda não havia pecado, isto é, não havia cansaço (Gênesis 2:1-3). Portanto, muito mais do que para descansar, o sábado é um dia para a família fortalecer os seus laços de relacionamento entre si, com os amigos e com o Criador (Êxodo 20:8-11; Hebreus 4; Isaías 66:22-23).
Peça sabedoria a Deus para você saber fazer com que os seus queridos sintam a presença de Jesus constantemente ao seu lado.

*Conclusão
O resultado de um lar em que Deus ocupa o primeiro lugar é uma convivência familiar harmônica. Quando os pais, amigavelmente, dão lições práticas e prazerosas aos filhos, de como seguir a Jesus, reina um clima de amor e compreensão e os filhos se tornam pessoas honradas e cumpridoras dos deveres. Esta é a base para uma sociedade estável.
♥DEUS ABENÇOE♥

Um comentário:

Ao toque do Amor disse...

Olá, a dinda veio te oferecer 1 selinho e deixar um beijinho - san